Viajante Comunitário

Embarque em uma expedição pelo coração da Amazônia brasileira

As Serras Guerreiras de Tapuruquara, na Amazônia brasileira, são um lugar sagrado para a cultura indígena e ainda inexplorado pelos viajantes. Mas você ainda pode ter a oportunidade de conhecê-las. No mês de outubro, a ONG Garupa e o Instituto Socioambiental (ISA) realizam a Expedição Serras Guerreiras de Tapuruquara – uma viagem única pelo coração da Amazônia brasileira, e convidam os viajantes a compartilhar essa incrível experiência.

A expedição faz parte de uma viagem técnica que vai avaliar os roteiros turísticos elaborados pelas comunidades indígenas do Rio Negro. Uma verdadeira aventura em meio à espetacular diversidade natural do lugar, guiada pelos povos que ali vivem há milhares de anos. Os viajantes percorrerão o Rio Negro e visitarão a região das Serras de Tapuruquara, vivenciando o cotidiano das comunidades e, ao mesmo tempo, apoiando a criação de um projeto de turismo de base comunitária em terra indígena, alternativa para o desenvolvimento sustentável da região.

A expedição partirá de Manaus e será dividida em dois roteiros: Iwitera (serra) e Maniaka (mandioca). O primeiro acontece de 6 a 15 de outubro tem perfil mais aventureiro e o segundo, entre 14 e 22 de outubro, tem perfil mais cultural – mas ambos oferecem experiências diversificadas, com aventura e cultura nas duas viagens. Dormir em rede e tomar banho de rio serão parte da experiência, assim como os passeios em canoas tradicionais entre praias e ilhas, as trilhas na mata, as festas e rituais, o cultivo na floresta e a confecção de artefatos e utensílios de fibra e cerâmica.

A Expedição Serras Guerreiras de Tapuruquara foi desenvolvida em parceria pela Garupa, o ISA (Instituto Socioambiental), a ACIR (Associação das Comunidades Indígenas e Ribeirinhas) e a FOIRN (Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro). A FUNAI (Fundação Nacional do Índio) e o ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) apoiam o projeto.

Expedição Serras Guerreiras de Tapuruquara 
Onde: Terras Indígenas do Médio Rio Negro, município de Santa Isabel do Rio Negro, Amazonas.
Quando: Roteiro Iwitera (06 a 15 de outubro); Roteiro Maniaka (14 a 22 de outubro).
Objetivo: Avaliar os roteiros turísticos elaborados pelas comunidades indígenas do Rio Negro. A viagem é uma das etapas da estruturação do turismo de base comunitária em terra indígena, alternativa para o desenvolvimento sustentável da região.
Investimento: Roteiro Iwitera (+ aventura): R$ 4.950 em até 3 vezes sem juros; Roteiro Maniaka (+ cultura): R$ 5.650 em até 3 vezes sem juros. Os pacotes incluem transporte a partir de Manaus, alimentação e todas as atividades previstas nos roteiros. As vagas são limitadas.
Mais sobre a expedição: http://www.serrasdetapuruquara.org/

Veja mais: cinco informações sobre a Amazônia antes de embarcar

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.