Viajante Conectado

O vilarejo suíço que proibiu turistas de tirarem fotos

vilarejo suíço
Foto: Bergün Filisur

Em maio deste ano, o pequeno vilarejo suíço de Bergün anunciou que os turistas estavam proibidos de tirar fotos de suas paisagens, estando sujeitos a uma multa de 5 francos suíços. A comuna de cerca de 500 habitantes, localizada na região de Cantão de Grisões, alegava que o objetivo era ser solidário e poupar as pessoas da tristeza de verem as lindas fotos nas redes sociais e não poderem estar lá.

Em uma das melhores estratégias de marketing dos últimos tempos, a prefeitura de Bergün anunciou a nova lei no Facebook, em seu site e até mesmo gravou um vídeo no qual o prefeito da cidade, Peter Nicolay, pedia à NASA que retirasse as fotos de satélite da internet. Foi o suficiente para que o mundo descobrisse Bergün. Em apenas dois dias, milhões de pessoas no mundo todo ficaram curiosas para saber mais sobre a comuna que havia proibido a fotografia.

O prefeito veio novamente às cameras para então mostrar a beleza do vilarejo suiço, das flores, das montanhas, das ruas antigas e até das vacas (!) e anunciar que todos com uma câmera vão ganhar uma permissão amigável para tirar as fotos que quiserem!

Realmente a beleza de Bergün é impressionante. Deve ser impossível passar por lá sem ter vontade de tirar fotos! O vilarejo suíço é patrimônio da humanidade da UNESCO e considerado pelos visitantes como “O Mundo dos Trenós”, em função do aumento de turistas durante o inverno.

vilarejo suíço

Foto: Wikipedia

vilarejo suíço

Foto: Bergün Filisur

vilarejo suíço

Foto: Bergün Filisur

vilarejo suíço

Foto: Bergün Filisur

vilarejo suíço

Foto: Bergün Filisur

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.