Destino Internacional

Escócia: roteiro pelas Highlands em dois dias

Foto: Viajar Verde
O famoso castelo Eilean Donan de Highlander não pode faltar em um roteiro pelas Highlands

As Highlands, ou Terras Altas da Escócia, são uma das regiões mais encantadoras do Reino Unido. Dignas de incríveis fotos, com paisagens formadas por montanhas, lagos, vales e castelos medievais, um roteiro pelas Highlands merece no mínimo quatro dias. Mas em dois já é possível sentir um bom gostinho do que o interior da Escócia tem a oferecer.

A região montanhosa escocesa está dividida em seis áreas (Moray Speyside, North Highlands, Cairngorms National Park, Inverness e Loch Ness, Skye e Lochalsh, e Fort William). Um passeio por lá significa um retorno na história, já que a região foi o centro dos Levantes Jacobitas nos séculos XVII e XVIII e onde o catolicismo prevalesceu quando o Reino Unido passou a ser protestante. Também é um prato cheio para cinéfilos de plantão, trazendo os cenários onde foram gravados filmes como Highlander, 007 – Operação Skyfall, Coração Valente, Harry Potter e muitos outros mais. (veja o mapa de filmes gravados nas Highlands)

As Highlands não são uma região friendly para o transporte público, principalmente se você quer visitar lugares distantes uns dos outros. Por isso, as duas melhores opções são alugar um carro em Edinburgo, Glasgow ou Inverness, ou contratar uma das diversas operadoras que têm passeios de um, dois, três, quatro ou mais dias pela região. Nós escolhemos a Scottish Tours, pois era a única que oferecia um passeio de dois dias que incluía a Ilha de Skye. Mas há várias outras opções de empresas, como a Highlands Experience e a Haggis Adventures. Outra opção é pegar um trem até Inverness, capital administrativa das Highlands, e, a partir da cidade decidir seus tours. (Confira e reserve trens na http://www.nationalrail.co.uk/).

Achamos o roteiro da Scottish Tours ideal, pois incluiu dois incríveis castelos da região, além da lindíssima Ilha de Skye e a imperdível cidade de Inverness. Para quem só tem dois dias, vale à pena. Mas, é tudo muito corrido. As paradas para fotos são rápidas e algumas apenas para registrar que você viu o lugar da janela da van. Então, meu conselho é: se você tem mais um ou dois dias, escolha um tour mais longo! Confira abaixo nosso roteiro, que você pode fazer também de carro.

O roteiro pelas Highlands

Dia 1
Saímos de Edinburgo (há opção de sair também de Glasgow) de manhã cedo com direito a um incrível amanhacer cor de rosa na High Street.

(veja: O que fazer em Edinburgo – 6 passeios imperdíveis)

Foto: Viajar Verde

Depois de algumas horas na estrada fizemos nossa primeira parada rápida para café e banheiro e tivemos a primeira sensação de estar chegando nas Highlands, ao ver algumas das simpáticas e famosas vacas peludas escocesas. Durante todo o trajeto, o guia nos conta, orgulhoso, sobre a história da Escócia. É incrível como os escoceses têm orgulho de seu passado.

Foto: Viajar Verde

Mais algum tempo no ônibus. Havia promessa de conseguirmos ver, pela janela, o imponente castelo de Stirling, que foi residência de vários reis e rainhas escoceses e  teve papel importantíssimo em batalhas lideradas por William Wallace e Robert The Bruce. Sentada do lado direito, confesso que não vi nenhum castelo. Não sei se alguém do lado esquerdo viu.

Finalmente chegamos ao famoso vale de Glencoe, nas Highlands. Da janela, avistamos os primeiros relevos montanhosos ainda bem verdinhos, já que estávamos em setembro. É nessa mesma área que está também o Ben Nevis, o ponto mais elevado do Reino Unido, com 1.344 m de altitude que, no inverno, transforma-se em uma concorrida estação de esqui. Por lá tivemos direito a uma parada para fotos.

Foto: Viajar Verde

Seguimos então para o Castelo de Urquhart. No meio do caminho já começamos a margear o Lago Ness, o maior lago em volume de água doce na Grã-Bretanha, com 7,4 km³. Urquhart fica à beira do lago, com lindas paisagens para fotos. Ele já foi o maior castelo da Escócia, mas hoje restam poucas ruínas. Datado do século XIII, esse castelo de nome quase impronunciável para nós já passou pelas mãos de várias famílias nobres e por muitas batalhas. Foi tomado pelos ingleses com a invasão do Rei Eduardo I, recuperado por Robert The Bruce e bombardeado durante os séculos XV e XVI. No centro de visitantes é possível almoçar, usar o banheiro e, claro, fazer comprinhas na lojinha. A entrada custa £8,50 para adultos; £6,60 para estudantes, £5,10 para crianças entre 5 e 15 anos e é gratuita para crianças com menos de 5 anos. (esse valor está incluído no preço do tour)

Foto: Viajar Verde

Foto: Viajar Verde

Ali mesmo, do castelo, saímos em um curto e agradável passeio de barco pelo Lago Ness, onde ouvimos histórias sobre o famoso monstro do lago. Foi então hora de seguir para a cidade de Inverness, onde tivemos o fim da tarde livre para dar uma volta e jantar. Infelizmente, o tempo em Inverness foi bem curto, já que partimos no dia seguinte de manhã. Se você puder ficar um dia inteiro, eu recomendo! Há bons restaurantes, museus curiosos e áreas deliciosas para caminhar.

Foto: Viajar Verde

Foto: Viajar Verde

Foto: Viajar Verde

Ficamos hospedados no Royal Highland Hotel, que é um charme e coladinho na estação de trem – então foi super prático porque voltamos até Edinburgo de trem e pudemos deixar nossas malas na recepção.

Foto: Viajar Verde

Dia 2
Partimos cedo em direção à belíssima Ilha de Skye. Infelizmente nesse dia pegamos muita chuva. Mas dizem que é difícil fugir dela pelas Highlands. Paramos primeiro para ter a experiência única de dar um pouquinho de ração a um grupo de vacas dóceis.

Foto: Viajar Verde

Foto: Viajar Verde

Seguimos então até o Eilean Donan Castle, um dos castelos mais fotografados do mundo e cenário do lendário filme Highlander. O Eilean Donan é um castelo ainda razoavelmente preservado e com alguns atrativos, então prepare-se para passar no mínimo uns 40 minutos por lá. É um bom local também para almoçar, mesmo a comida não sendo das melhores. (entrada = £7,50 para adultos; £6,50 para estudantes, £4,00 para crianças com mais de 5 anos e gratuita para crianças com menos de 5 anos)

Foto: Viajar Verde

Depois do almoço, partimos em direção à Ilha de Skye. Já com bastante chuva, as paisagens e paradas para foto ficaram um pouco comprometidas. Finalmente em Portree, a fofíssima capital de Skye, pudemos dar uma volta rápida. A tradicional foto das casinhas coloridas de Portree fica linda com o céu azul, mas tivemos que nos contentar com essa:

Foto: Viajar Verde

Foto: Viajar Verde

Voltamos no fim da tarde e chegamos em Inverness já à noite. Pegamos nossa mala e o trem para Edinburgo ainda no mesmo dia.

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.