Destino Brasil

Oito passeios responsáveis pelo Rio de Janeiro

Nem só de praia, futebol e samba vive o Rio de Janeiro. A cidade maravilhosa esconde alguns passeios incríveis que envolvem contato com a natureza, consciência e engajamento socioambiental e reflexões para o futuro. O novo Museu do Amanhã, que propõe um debate sobre um mundo mais sustentável, convive com roteiros em comunidades, exposição sobre a Mata Atlântica, borboletário, trilhas na natureza e outros atrativos que vão fazer você pensar sobre o mundo à sua volta.

Quer ser um turista mais responsável?
Siga nosso Guia de Roteiros Sustentáveis do Rio de Janeiro:

Foto: Josué Damacena | IOC1. Borboletário da Fiocruz – quatro espécies de borboleta podem ser observadas no único borboletário da cidade, reinaugurado em outubro de 2015, na Fundação Oswaldo Cruz. Durante a visita, é possível aprender curiosidades que envolvem os hábitos alimentares, variadas cores e táticas de defesa desses insetos, além de descobrir um pouco mais sobre a vida e comportamento das borboletas olho-de-coruja (Caligo illioneus), ponto-de-laranja (Anteos menippe), borboleta-brancão (Ascia monuste) e Julia (Dryas julia), que podem ser encontradas em diferentes áreas tropicais do continente americano. O Borboletário fica dentro do Museu da Vida, que também oferece outras atrações ligadas à natureza, como o Parque da Ciência, uma área de 2.400 metros com instalações dedicadas à energia, comunicação e vida; e o Ciência em Cena, um espaço para artes e espetáculos.
www.museudavida.fiocruz.br
Endereço: Fiocruz – Av. Brasil, 4365 – Manguinhos
Horário: de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30. Sábados, das 10h às 16h. Entrada gratuita. De terça a sexta-feira, as visitas devem ser agendadas previamente. Aos sábados, não é preciso agendamento. Para agendar a visita, entre em contato com o Museu da Vida pelo telefone (21) 2590-6747 ou vá pessoalmente ao Centro de Recepção do Museu

Foto: Museu do Amanhã | Byron Prujansk2. Museu do Amanhã – um museu dedicado a explorar, pensar e projetar as possibilidades de construção do futuro, que acaba de abrir as portas na revitalizada Praça Mauá. O museu examina o passado, apresenta tendências do presente e explora cenários possíveis para os próximos 50 anos a partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência. Uma ótima oportunidade para refletirmos sobre nossos hábitos e o mundo que estamos deixando para as próximas gerações. Um museu experiencial, com ambientes imersivos, instalações audiovisuais e jogos, onde o conteúdo é sempre atualizado, com dados e análises científicas de instituições do mundo todo. O Museu do Amanhã explora seis grandes tendências para as próximas cinco décadas: mudanças climáticas; alteração da biodiversidade; crescimento da população e da longevidade; maior integração e diferenciação de culturas; avanço da tecnologia e expansão do conhecimento. Visite e tire suas próprias conclusões!
http://museudoamanha.org.br/
Endereço: Praça Mauá, 1
Horário: de 2 de janeiro a 21 de fevereiro de 2016, a entrada do Museu será de terça a domingo, de meio-dia às 19h. Entrada gratuita às terças
(As filas são encerradas com a antecedência necessária para garantir que todos possam entrar no Museu até o horário de fechamento)

3. Museu do Meio Ambiente – o Jardim Botânico do Rio de Janeiro abriga este simpático museu que traz sempre boas surpresas, incluindo exposições, programas educativos e debates relacionados a assuntos socioambientais. Até o dia 13 de março fica em cartaz a exposição “Mata Atlântica – Ciência e Arte”, que reúne obras de acervos pouco acessíveis, como o da Fundação Biblioteca Nacional, da Fundação Oswaldo Cruz e Museu Nacional /UFRJ, inspirados na Mata Atlântica. Duzentas obras de ilustradores botânicos de várias épocas integram a mostra.
http://museudomeioambiente.jbrj.gov.br/
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico
Horário: segunda das 12h às 17h; terça a domingo das 10h às 18h. Entrada gratuita

Foto: Natttrip4. Trilhas e cachoeiras – a cidade reserva trilhas escondidas com vistas panorâmicas e cachoeiras incríveis. Vale à pena explorar desde as mais leves, como a Pedra Bonita e o Morro da Urca, até as mais pesadas, como o Bico do Papagaio, na Floresta da Tijuca, e a Pedra da Gávea. Aproveite ainda para fazer escaladas, saltar de asa delta ou até dar uma escapada para as trilhas de cidades vizinhas, como Niterói e Teresópolis. Para garantir sua segurança, esteja sempre acompanhado de um guia certificado ou reserve sua aventura com uma empresa de confiança.
Nattrip – http://www.nattrip.com.br/
Tel: (21) 3264-0182 | reservas@nattrip.com.br
Jungle Me – http://www.jungleme.com.br/ | Tel: (21) 4105-7533 | jungleme@jungleme.com.br

5. Museu Casa do Pontal – a arte popular brasileira é a grande protagonista deste museu, que reúne obras coletadas durante 40 anos pelo designer francês Jacques Van de Beuque. Com o objetivo de valorizar, preservar e divulgar os diversos movimentos artísticos e culturais do país, o acervo do museu tem obras de artistas de diversas cidades, dando voz a artesanatos típicos como o barro do Vale do Jequitinhonha (MG) e as esculturas em madeira de Teresina (PI). As exposições temporárias também trazem sempre a cultura brasileira como pano de fundo.
http://www.museucasadopontal.com.br/
Endereço: Estrada do Pontal, 3295 – Recreio dos Bandeirantes
Horário: de terça a sexta, de 9h30 às 17h. Sábados, domingos e feriados, de 10h30 às 18h

Foto: Riotur6. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas – com uma das vistas mais encantadoras da cidade, o antigo palacete em ruínas abriga uma programação cultural com diversas manifestações artísticas, como exposições, peças de teatro e saraus, além de palestras e oficinas. Vale também fazer uma visita ao parque, com seu incrível mirante com vista para a Baía de Guanabara.
Endereço: Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa
Horário: terça a domingo, das 8h às 18h

7. Walking tours – nada melhor do que conhecer o Rio a pé. Você descobre a cidade sob um novo ângulo e de forma sustentável. Algumas empresas oferecem roteiros diferenciados que vão além dos pontos turísticos tradicionais e ajudam a contar a história da cidade.
Roteiros Geográficos do Rio – http://www.roteirosdorio.com/
Tel: (21) 98871-7238 | roteirosgeorio@uol.com.br
Rio Free Walking Tour – http://riofreewalkingtour.com.br/en/home/
Tel: (21) 98600-2593 | 97214-5095

Foto: Favela Adventures8. Tours pelas comunidades – diversas comunidades do Rio estão abertas para receber os visitantes. Procure um guia local para apresentar a favela da maneira mais genuína e para ajudar a movimentar a economia da comunidade.
Favela Adventures (Rocinha) | https://www.facebook.com/FavelaAdventures/
Tel: (21) 98221-5572| info@favelatour.org
Tabritur (Tabajaras)| https://www.facebook.com/tabritur/
Tel: (21) 99369-2844

+Mais
Veja mais dicas de roteiros no site do Passaporte Verde, campanha do Ministério do Turismo e PNUMA pelo turismo sustentável: http://www.passaporteverde.org.br/eucuido/roteiros/

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.