Viajante Natural

Uma noite na natureza no Inkaterra Machu Picchu Hotel

Do trem panorâmico que leva da cidade de Cusco a Aguas Calientes, no Peru, avistamos as casitas de adobe e a verde mata da floresta subtropical que ocupa os 5 hectares do charmoso Inkaterra Machu Picchu Pueblo Hotel. Ele é uma das três opções de hospedagem de luxo no povoado abriga a cidadela sagrada de Machu Picchu, mas a única onde você pode conhecer de perto um simpático urso andino.

Muitos visitantes chegam a Machu Picchu Pueblo, também conhecido como Aguas Calientes, apenas para passar o dia e voltam para dormir em Cusco. Não é extremamente necessário que você passe mais de um dia na cidade. Mas, se tiver a oportunidade de passar uma ou duas noites por lá e deliciar-se com o ritmo e a paz do povoado, eu recomendo! Melhor ainda se puder se hospedar no Inkaterra, onde seu dia será acompanhado por deliciosas refeições, cantos de passarinhos, banho em lago de água natural e outras atividades de natureza.

Foto: Viajar Verde

Veja mais: Um hotel sustentável no centro de Cusco

Desde a sua fundação, em 1975, a rede Inkaterra traz na sua essência o cuidado com o meio ambiente e com as comunidades locais. Foi pioneira em buscar sustentabilidade e experiências autênticas no turismo no Peru e trabalha pela preservação do ambiente natural e da cultura do país por meio da Associação Inkaterra (ITA). No Inkaterra Machu Picchu não é diferente. Todo o hotel, de 85 suítes, foi construído com materiais de mínimo impacto e maior integração possível à natureza e a vasta área não construída é dedicada à preservação e educação ambiental, com trilhas onde os hóspedes podem caminhar ou fazer observação de aves.

Infelizmente, meu tempo no hotel foi curto – apenas uma noite e metade de um dia. Mas suficiente para me apaixonar. Cada casita (como são chamadas as suítes) tem sua privacidade e os detalhes na decoração fazem você realmente se sentir nos andes. Depois de chegar cansada da minha adorável peregrinação em Machu Picchu, nada melhor do que deitar naquela maravilhosa cama. Mas não sem antes dar um mergulho no laguinho de água natural cristalina que decora o jardim do hotel.

Foto: Viajar Verde

Nos seis hotéis da rede eles oferecem experiências e roteiros guiados. Então, se você preferir agendar sua visita a Machu Picchu com eles pode fazer previamente. O hotel também oferece trilhas dentro da propriedade, birdwatching e visita a plantação de chá (que são servidos nos restaurantes e usados nas terapias do spa), que já estão incluídos na diária. Como eu não tinha muito tempo, optei pelo passeio que mais me interessava: o Centro de Resgate do Urso Andino.

Única espécie de urso da América do Sul, o Urso Andino (ou urso de óculos) está ameaçado de extinção mas é um animal fundamental para o equilíbrio da biodiversidade nas florestas subtropicais do Peru. Em parceria com o Serviço Nacional de Parques do Peru, a Associação Inkaterra estabeleceu o Centro de Resgate dentro do Inkaterra Machu Picchu Pueblo Hotel com o objetivo de recuperar e reintroduzir ursos resgatados em situações de risco (como em circos ou em casas de famílias) e também de educar visitantes sobre a importância do animal.

A uma pequena caminhada de 5 minutos na mata, por dentro do hotel, chegamos ao Centro. É um espaço não muito grande, onde encontramos os ursos em dois espaços fechados que procuram reproduzir ao máximo seu ambiente natural. Eles ainda não estão prontos para voltar para a floresta e sobreviverem sozinhos e o guia explica que é muito difícil e rara essa adaptação. Chegamos na hora do café da manhã e tanto fêmea quanto macho devoram melancias inteiras, milhos, abacates, laranjas e verduras. Foi uma experiência gostosa conhecer essas criaturas tão simpáticas!

Foto: Viajar Verde

Vale lembrar que o restaurante do Inkaterra também é delicioso e a hospedagem te dá direito a um delicioso pisco no bar! E o melhor: eles buscam suas bagagens na estação de trem para você não ter que carregar até o hotel. Ah! Se você tiver tempo, experimente o incrível UNU Spa, que já foi considerado o melhor do mundo pela revista Condé Nast Traveller e oferece terapias incas e até uma sauna andina.

Inkaterra
www.inkaterra.com

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.