O que é turismo sustentável?

Paisagens paradisíacas, culturas remotas, aventuras inéditas, temperaturas extremas, comidas exóticas, histórias ancestrais, hotéis de luxo. Em 2015, 1.186 milhões de pessoas viajaram pelo mundo em busca destas e outras experiências. Um número que, de acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT), deve alcançar 1.8 bilhões, em 2030.

Um dos setores da economia que mais crescem internacionalmente, responsável por 10% do PIB mundial, 7% das exportações e um em cada onze empregos no mundo, o turismo parece mesmo uma atividade do bem, quando não consideramos as inequidades e impactos negativos que ele pode gerar.

Dentro de um planeta que convive cada vez mais com questões graves que impedem o desenvolvimento sustentável, como as mudanças climáticas, o esgotamento de recursos naturais, a pobreza e a fome, o turismo atua como causa e também potencial solução para estas e outras urgências.

Cabe a nós, como viajantes, empresários, lideranças ou autoridades, pensarmos em como podemos promover um turismo que contribua para o bem-estar, a qualidade de vida e a valorização da cultura das comunidades, o equilíbrio e preservação ambiental e a sustentabilidade econômica do pequeno ao grande empreendedor.

A OMT define o turismo sustentável como:

“O turismo que considera plenamente seus atuais e futuros impactos econômicos,
sociais e ambientais, abordando as necessidades dos visitantes, da indústria,
do meio ambiente e das comunidades locais”

turismosustentavelinfografico

Hoje, reconhecido como um caminho para o desenvolvimento sustentável e a harmonia, o turismo sustentável está entre as grandes discussões do setor, reunindo o engajamento de estudiosos, empresários, associações, ONGs, autoridades e viajantes do mundo todo. Em janeiro de 2015, a resolução da ONU “Promoção do Turismo Sustentável, Incluindo Ecoturismo, para Erradicação da Pobreza e Proteção do Meio Ambiente reconheceu o turismo sustentável como ferramenta estratégica para redução da pobreza, proteção da biodiversidade e desenvolvimento das comunidades. No mesmo ano, ela declarou 2017 como sendo O Ano do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento.

Para nós, do Viajar Verde, qualquer um pode engajar-se neste grande “pensar o presente e o futuro” que é o turismo sustentável e responsável. Fazer a sua parte é fácil, seja você viajante, empresário, blogueiro, jornalista, gestor ou amante do turismo. Novas ideias e oportunidades surgem a cada dia para transformar o turismo em uma atividade cada vez mais divertida, prazerosa e proveitosa para todos. A proposta aqui é trocar essas ideias, aprender com elas e, claro, multiplicá-las. Mãos à obra!

What is sustainable tourism?

Idyllic landscapes, remote cultures, unique adventures, extreme temperatures, exotic foods, ancestral histories, luxury hotels. In 2014, 1.133 billion people traveled the world in search of these and other experiences. A number that, according to the World Tourism Organization (UNWTO), will reach 1.8 billion travellers by 2030. One of the fastest growing sectors of the economy, accounting for 9% of the world GDP, 6% of exports and one in every eleven jobs in the world, tourism seems a fair activity, if we do not consider the inequities and negative impacts that it can generate. In order to achieve a tourism that contributes to the well being, quality of life and financial returns, considering the environmental, socio-cultural and economic pillars, the concept of sustainable tourism has emerged, based on the principles of sustainable development related in the Brundtland Report in 1987. Although there is still no agreement among scholars for a common definition, the UNWTO defines sustainable tourism as:

“Tourism that takes full account of its current and future economic, social and environmental impacts, addressing the needs of visitors, the industry, the environment and host communities”

turismosustentavelinfograficoen

Now recognized as a path to sustainable development and social balance, sustainable tourism is one of the great debates in the industry, bringing together the engagement of scholars, entrepreneurs, associations, NGOs, authorities and travellers worldwide. In January 2015, the UN resolution “Promotion of sustainable tourism, including ecotourism, for poverty eradication and environment protection” recognised sustainable tourism as a strategic tool for poverty reduction, biodiversity protection and community development.

For us, in Viajar Verde, anyone can engage in this great “future thinking” which is sustainable and responsible tourism. Take part is easy, whether you are a traveller, entrepreneur, blogger, journalist, manager or a tourism lover. New ideas and opportunities arise every day to make tourism in an increasingly fun, pleasant and profitable activity for everyone. The proposal here is to exchange these ideas and multiply them. Let’s get to work!

Popular Posts