Viajante Radical

Surfistas são os primeiros a descobrir novos destinos da moda, segundo estudo

Foto: Frank Mckenna

Um estudo conduzido pela Universidade de Oxford revelou que os surfistas são normalmente os primeiros a saber dos novos destinos da moda ou que vão virar tendência nos próximos anos. O estudo sugere ainda que promover points de surf pode ajudar a estimular o crescimento econômico daquelas regiões.

De acordo com os pesquisadores, Thomas McGregor e Samuel Wills, uma vez que os surfistas descobrem um lugar com boas ondas e começam a frequentá-lo, eles abrem um canal de investimento, que depois cresce para suportar toda uma indústria turística. Sam Wills, a co-autor do estudo e economista na University of Sydney destacou destinos da moda como Byron Bay, na Austrália, e Jeffreys Bay, na África do Sul, como importantes centros de turismo que começam como pequenas vilas.

O estudo avaliou 5.000 destinos de surf pelo mundo e seus indicadores econômicos. Costa Rica, Peru, Malásia, Vietnã, Nova Zelândia e o oeste da Austrália foram os países onde houve maior desenvolvimento turístico a partir do surf.

Veja: 9 hospedagens de surf sustentáveis pelo mundo

O estudo, divulgado no início de março, foi inspirado pela viagem de Wills a Taghazout, no Marrocos, onde ele descobriu que a cidade, agora dominada por surfistas, foi um dia apenas uma pequena vila de pescadores. Sam Wills decidiu então explorar as tendências globais entre 1992e 2013 para descobrir o impacto que o surf tem em uma área.

com informações da Fox News Travel

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.