Viajante Culinário

Rio2016 ganha mapa de alimentos sustentáveis

Passaporte Verde VerticalCerca de 14 milhões de refeições devem ser servidas durante o período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio2016. Uma oportunidade única para que os alimentos consumidos ao longo do evento tenham características mais saudáveis e sustentáveis e tornem-se exemplos para futuras políticas públicas e consumo em todo o país.

Para ajudar a descobrir que alimentos têm esse perfil, a iniciativa Rio Alimentação Sustentável, formada por uma aliança entre 26 organizações coordenadas pela Conservação Internacional Brasil (CI-Brasil) e a WWF-Brasil, elaborou o Diagnóstico para a Oferta de Alimentos Saudáveis e Sustentáveis nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. Ele está disponível no site da iniciativa (http://rio-alimentacaosustentavel.org.br/) e vai “subsidiar os organizadores dos Jogos, apresentando um diagnóstico dos parâmetros e da oferta de alimentos saudáveis e sustentáveis no Rio de Janeiro e no Brasil, bem como recomendações para a política de aquisição de alimentos para os Jogos 2016, e seu potencial legado para o estado e o país”, de acordo com o documento.

Diagnóstico de alimentos sustentáveisO diagnóstico lembra as principais questões que afetam o setor de alimentação sustentável no Brasil, lista os selos e certificações de produtos, explica os parâmetros de sustentabilidade para os alimentos e estabelece recomendações e metas concretas para a compra de produtos adequados, depois de ter avaliado 15 cadeias produtivas, entre as quais carne, cereais, frutas, hortaliças, peixes, leite e derivados.

O documento define alimento sustentável como “aquele que é produzido de uma forma que protege a biodiversidade, evita danos aos recursos naturais com a legislação aplicável, e proporciona benefícios sociais, tais como: alimento de boa qualidade, seguro e saudável, promove a boa saúde, e respeita as questões sociais e ambientais”.“Nosso objetivo é oferecer uma alimentação saudável, sustentável e que promova a rica cozinha brasileira”, diz Leila Luiz, gerente de Alimentos e Bebidas do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016.

Veja algumas das metas para alimentos sustentáveis: (confira no documento as especificidades de cada alimento)
» Valorizar e incrementar produção sustentável com geração de renda para pequenos e médios produtores;
» Eliminação do trabalho (exploração) infantil e as piores forma de trabalho na cadeia de abastecimento;
» Produtos sem contaminação química ou biológica;
» Valorizar e incrementar produção agroecológica, orgânica, da agricultura familiar e sustentável com geração de renda para pequenos e médios produtores;
» Respeito à singularidade cultural dos povos e comunidades tradicionais e agricultores familiares;
» Desmatamento zero;
» Redução das emissões de CO2;
» Programa para bem estar animal;
» Programa para conservação de solos;
» Programa para conservação de águas.

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.