Mercado

Jamaica e Caribe discutem o crescimento sustentável do turismo em novembro

Jamaica
Foto: Barney A Bishop

De 27 a 29 de novembro de 2017 a Jamaica será sede da Conferência Mundial sobre Alianças para o Emprego e o Crescimento Sustentável através do Turismo, promovida pela Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas (OMT), o Governo da Jamaica e o Grupo Banco Mundial. A conferência, que aconteceno Montego Bay Convention Centre, reunirá líderes mundiais da indústria do turismo, governos, doadores e organizações internacionais para projetar e coordenar um mapa internacional e promover relacionamentos colaborativos para o desenvolvimento econômico e social inclusivo através do turismo.

O Ministro do Turismo da Jamaica, Edmund Bartlett, falou durante uma conferência de imprensa no Consulado Geral da Jamaica, em 6 de junho, concedida durante a Caribbean Week, em Nova York. Ele destacou que, em função da dependência da região com o turismo, é importante que uma conferência desta magnitude apresente soluções sobre como o Caribe pode tornar o setor mais vantajoso.

“O programa do evento, apesar de sua natureza global, é extremamente significativo para o Caribe. E, portanto, nós sentimos que deveríamos incorporar à pauta algo específico do Caribe e alguns outros assuntos que nos afetam diretamente. O programa vai acontecer no primeiro dia da conferência, em 27 de novembro”, informou o Ministro Bartlett. O foco no turismo regional no dia de abertura, ganhou apoio do Secretário Geral Hugh Riley da Organização de Turismo do Caribe (CTO) e de Matt Cooper da Associação de Hotéis e Turismo do Caribe (CHTA).

O Ministro Bartlett deixou claro que o turismo é sozinho o maior gerador de renda entre países em 16 dos 28 países localizados no Caribe e o setor que mais recebe investimentos diretos de estrangeiros. Ele também informou que a região tem a maior proporção do total de empregados e porcentagem do PIB derivados do turismo do que qualquer outra região em todo o mundo.

Ainda de acordo com o Ministério do Turismo “nós estimamos que 1 em cada 4 pessoas esteja empregada em alguma atividade relacionada ao turismo e o setor já é o responsável por 41% de todas as exportações e serviços em todo o caribe, além de responder por 31% de todo o produto interno bruto da ilha”.

O Ministro Bartlett lembrou ainda que os organizadores decidiram incluir temas sobre o Caribe na Chamada dos Trabalhos – que cobrirão ao mesmo tempo o turismo e a sustentabilidade, e onde os riscos, ameaças e desafios serão discutidos; o fortalecimento do capital humano e das tendências do capital humano; as ligações de valor na cadeia do turismo, além de tecnologia e da inovação.

De acordo com o Ministro Bartlett, um dos resultados-chave esperados desta conferência global seria a Declaração de Montego Bay, “que até o fim da conferência será criada com a compilação dos Rascunhos da Declaração de Montego Bay”. “A partir daí, começará a fluir um plano de ação para os destinos de turismo que deve ser seguido, além da publicação de um segundo volume do Relatório Global de Parcerias Públicas e Privadas da OMT.”

A Conferência também irá prestar uma homenagem ao atual Secretário Geral Dr. Talb Rifai, cuja posse chegará ao fim. Outro ponto importante da conferência será a apresentação do prêmio Caribbean Legends Awards – o primeiro do gênero, criado a partir do esforço colaborativo envolvendo o Ministério do Turismo da Jamaica, o CTO, o CHTA e o apoio da OMT. Esse prêmio, com categorias envolvendo Terra, Céu e Mar, serão concedidos a indivíduos que vem trilhando uma trajetória admirável e deixaram sua marca na indústria do turismo, não apenas no regional, mas em nível global – e com isso elevaram a marca “Caribe” a um novo patamar.

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.