Mercado

Hóspedes conscientes também nos resorts – entrevista com Mônica Paixão, do Le Canton

Le Canton
Foto: Fabio Caldeira

Na última semana, o Hotel Le Canton, localizado em Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, anunciou que está ampliando seu programa ambiental. O objetivo é transformá-lo em um resort 100% sustentável e ainda causar impactos positivos na educação ambiental da região por meio de um programa educativo. Com mais de 30 anos de história, o Le Canton tornou-se um ícone da hotelaria, atraindo especialmente famílias cariocas. A receita sempre foi o conforto, os serviços de qualidade, as diferenciadas oportunidades de lazer para crianças e até mesmo, mais recentemente, a boa gastronomia.

Mas, até agora, sustentabilidade ainda não havia sido sua bandeira. Conversamos com a diretora do Le Canton, Mônica Paixão, que contou porque o resort está dando este grande passo. “O compromisso social e ambiental dos resorts brasileiros cresce a cada dia”, afirma a diretora. Com muitos anos de experiência na hotelaria, Mônica lembra ainda que o comportamento dos hóspedes mudou e que hotéis e resorts precisam acompanhar a demanda. Confira:

Viajar Verde – Por que os hotéis não podem mais deixar de pensar em sustentabilidade e de adotar boas práticas em suas operações?

hóspedes

Mônica Paixão, diretora do Le Canton

Mônica Paixão – O compromisso social e ambiental dos resorts brasileiros cresce a cada dia. Em uma sociedade cada vez mais atenta ao comportamento das empresas e produtos escolhidos para o consumo, a sustentabilidade é assunto de destaque e importante para o posicionamento da marca. As pessoas querem sentir que investiram seu dinheiro com responsabilidade e que de certa maneira fizeram sua parte, escolhendo empresas que atuam em prol deste conceito.

VV – Há um grande mito sobre a dificuldade de resorts serem sustentáveis, por questões de trabalho, anulação de culturas locais, desperdício de alimentos e impactos no meio ambiente. Por que o Le Canton é um bom exemplo de que grandes hotéis e resorts podem sim ter a sustentabilidade em sua cultura? 

Mônica Paixão – O compromisso em preservar o meio ambiente e a cultura local são aliados do processo. O envolvimento dos colaboradores faz com que eles se sintam responsáveis pelo êxito das ações e assim, cria-se um ciclo saudável e constante. 

VV – Você está à frente da hotelaria há muitos anos. Você identifica que o comportamento dos hóspedes mudou em relação a cuidados com o meio ambiente ou até mesmo expectativa de que o hotel adote alguma prática responsável?

Mônica Paixão – Existe uma mudança de comportamento de toda a população mundial. A comunicação hoje é dinâmica e imediata. Existe sim um grande movimento que envolve a todos. Isso aumenta o engajamento nesta corrente positiva em prol da Sustentabilidade, e nós, como entusiastas, nos tornamos também potenciais propagadores deste conceito.

VV – Como vocês pretendem comunicar e envolver os hóspedes nas novas iniciativas de sustentabilidade do Le Canton?

Mônica Paixão – O Hotel está realizando um complexo e completo estudo ambiental que servirá de base para seu programa de educação ambiental e através dele seremos educadores, utilizando a comunicação e ação direta, envolvendo nossos hóspedes em atividades ambientais, de uma maneira lúdica e muito criativa, além, claro, de implementar informativos educacionais utilizando nossos meios de comunicação.

Veja mais: Hotel Le Canton lança programa de sustentabilidade

VV – Quais benefícios já foram identificados ao passarem a investir mais em práticas sustentáveis?

Mônica Paixão – Existe entre aqueles que já estão envolvidos nestes projetos uma energia muito positiva, e uma vontade enorme de fazer o bem. O Hotel hoje tem consciência ambiental e entre tantas atividades que já realiza, podemos destacar que o empreendimento trata o esgoto gerado através de um moderno sistema biológico, que deixa a água em condições de reuso, gerando assim economia de até 100m³ dia deste bem precioso, a ÁGUA.

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.