Viajante Radical

Cuba, Portugal e Albânia estão entre os novos destinos de turismo de aventura

Foto: Visit Alentejo

Cuba, Portugal e Albânia estão entre os novos destinos disputando a preferência de viajantes norte-americanos e europeus como destinos de turismo de aventura. Eles se juntam aos tradicionais Estados Unidos, Canadá, Peru, Itália, Espanha, França e Equador. A descoberta foi revelada pelo Registro de Tendências do Turismo de Aventura 2017, que acaba de ser divulgado pela Adventure Travel Trade Association (ATTA), que reúne alguns dos mais importantes operadores de turismo de aventura e ecoturismo no mundo todo. A pesquisa detalhada feita com os associados sobre o perfil atual do setor também destacou que as atividades mais procuradas são as que envolvem ecoturismo, cultura, sustentabilidade ambiental, hiking e culinária.

Veja outras descobertas:

Viajante de aventura:

. 51% são mulheres

. 37% são casais; 18% são viajantes sozinhos; 19% são famílias

. 40% tem entre 50 e 70 anos. A média de idade é de 47 anos

Impactos:

. Operadores estimam que 67% do custo da viagem é deixado em cada destino e devolvido à comunidade

Destinos de turismo de aventura:

. América do Norte e Europa continuam a liderar como mercados para os viajantes de aventura

. Para os norte-americanos, Estados Unidos, Peru, Equador e Canadá estiveram entre os cinco primeiros nos últimos dois anos. Em 2017, Cuba entrou no top cinco, deslocando a Itália, um destino top cinco desde 2014

. Para os europeus, Itália, Espanha e França continuam sendo os destinos prediletos. Uma surpresa para 2017, no entanto, é a aparição da Albânia entre os cinco principais

. Regiões que têm chamado a atenção dos viajantes são a Escandinávia, América do Sul, África Austral e o Mediterrâneo

Atividades:

. Além do ecoturismo, hiking, atividades culturais, com sustentabilidade ambiental e culinária também há alta procura por atividades de cicloturismo e safári em determinadas regiões.

O Registro de Tendências do Turismo de Aventura 2017 está focado em tendências que incluem destinos do turismo de aventura, atividades e práticas de negócios. No meio do ano a ATTA promete divulgar novo relatório com perspectivas financeiras. O relatório completo está disponível gratuitamente para membros da ATTA ou pode ser comprado por qualquer pessoa na comunidade do turismo.

Sobre o Autor

Ana Duék

Jornalista com Mestrado em Gestão de Turismo e Hospitalidade pela Middlesex University (Londres), cursando MBA em Marketing Digital pela FGV. Acredita que as viagens podem ajudar a formar melhores pessoas e lugares para se viver! Cada um pode encontrar o seu caminho.